Perguntas e respostas sobre câncer e Odontologia

19/05/2020

1) Quais são os cuidados necessários durante o período do tratamento oncológico?

Os pacientes oncológicos podem apresentar manifestações bucais em consequência da imunossupressão obtida através da quimioterapia e/ou radioterapia. Essas manifestações bucais podem ser graves e interferir nos resultados da terapêutica médica, podendo aumentar o tempo de internação hospitalar, os custos do tratamento, e principalmente afetar a qualidade de vida. Dessa forma, é fundamental a manutenção da saúde bucal através do acompanhamento odontológico com um dentista especializado em câncer, evitando por exemplo, a presença de lesões de cárie, problemas de gengiva, ou seja, quaisquer infecções. Sendo muito importante manter uma higiene bucal rigorosa, manter a mucosa bucal hidratada com auxílio de lubrificantes bucais e protetores labiais à base de lanolina para evitar possíveis feridas e o uso de aparelhos ortodônticos deve ser suspenso durante o tratamento para evitar sangramentos e possíveis infecções.

2) Pacientes com câncer necessitam de uma rotina especial para a higiene oral?

A higiene oral do paciente em quimioterapia e/ou radioterapia deve ser bastante rigorosa, para evitar a formação de placa bacteriana que causa inflamação local que aumenta o sangramento, e também para evitar a formação de lesões de cárie, já que o paciente em tratamento antineoplásico apresenta uma redução do fluxo salivar que prejudica a defesa contra as bactérias causadoras das lesões de cárie. O uso de escova dental macia e antissépticos bucais à base de clorexidina e sem álcool são muito importantes para a manutenção da saúde bucal.

3) Quais são as recomendações para pacientes com câncer de boca?

A terapia de escolha para a maioria dos casos de câncer de boca é a radioterapia, associada ou não à quimioterapia, que causa diversas complicações bucais, tais como, xerostomia (sensação de boca seca), perda de paladar, mucosite (inflamação generalizada da mucosa), trismo (dificuldade de abertura de boca), cárie de radiação e osteorradionecrose. Dessa forma, é fundamental que o paciente realize um tratamento odontológico antes de iniciar a radioterapia, com o objetivo de remover quaisquer focos de infecção bucal, e faça um acompanhamento durante e após o tratamento radioterápico. Durante a radioterapia é importante manter a higiene bucal; utilizar bochechos com flúor para evitar as lesões de cárie, já que a xerostomia é bastante intensa; manter a boca hidratada, ingerindo bastante água e fazer uso de lubrificantes bucais e protetores labiais à base de lanolina.

4) Por que cuidar da boca é tão importante durante esta fase?

O paciente apresenta-se imunossuprimido com maior predisposição a infecções bucais, sendo importante manter a boca saudável para reduzir o risco de infecções. Além disso, a presença de mucosite (úlceras bucais generalizadas), são porta de entrada de bactérias e podem causar infecções.

5) Existem contraindicações?

Evita-se durante a quimioterapia realizar procedimentos odontológicos invasivos como as exodontias, já que nesta fase o paciente apresentará uma baixa contagem das células do sangue, como as plaquetas que são importantíssimas para cicatrização, e as células brancas, como os neutrófilos que são fundamentais para a defesa do organismo e muito importante durante o período de cicatrização.

Após o término da quimioterapia e normalização da contagem de células, não é contraindicado.

Nos casos de pacientes que recebem radioterapia em região de cabeça e pescoço, ocorre uma redução de vascularização e hipóxia, sendo contraindicado na maioria dos casos a realização de extrações e implantes nestes pacientes de forma permanente, pois podem apresentar a osteorradionecrose, que é uma necrose no osso.

6) Quais são as recomendações para pacientes oncológicos?

- Manter a rigorosa higiene bucal com uso de escovas dentais macias, associado à antissépticos bucais à base de clorexidina e sem álcool;

- Fazer acompanhamento odontológico com um dentista especialista em câncer;

- Manter a boca hidratada, através da ingesta de muita água, com auxílio de lubrificantes bucais e protetores labiais à base de lanolina;

- Para aliviar a mucosite oral, o paciente pode utilizar soluções isotônicas, anti-inflamatórios e o tratamento com laser, que também apresenta excelentes resultados;

- O uso de aparelhos ortodônticos deve ser suspenso durante o tratamento para evitar sangramentos e possíveis infecções;

7) Quem tem câncer pode extrair dentes?

Se o paciente se encontrar em quimioterapia, não é indicado durante a terapia antineoplásica, o paciente que realiza radioterapia em região de cabeça e pescoço, na maioria dos casos é contraindicado de forma permanente a extração de dentes.

Profa. Dra. Karin Sá Fernandes

CRO-SP: 94.266

Fonte: dreamstime
Fonte: dreamstime